conceptnova

Helping you to bring your concepts and ideas to life.

domingo, 23 de agosto de 2009

Escrever é um ato que exige empenho



Muitas pessoas acreditam que aqueles que redigem com desenvoltura executam essa tarefa como quem respira, sem o menor esforço. Não é assim. Escrever é uma das atividades mais complexas que o ser humano pode realizar. Faz rigorosas exigências à memória e ao raciocínio. A agilidade mental é imprescindível para que todos os aspectos envolvidos na escrita sejam articulados, coordenados, harmonizados de forma que o texto seja bem sucedido.

Conhecimentos de natureza diversa são acossados para que o texto tome forma. É necessário que o redator utilize simultaneamente seus conhecimentos relativos ao que quer tratar, ao gênero adequado, à situação em que o texto é produzido, aos possíveis leitores, à língua e suas possibilidades estilísticas. Portanto, escrever é incompatível com a preguiça.

A tarefa pode ir ficando paulatinamente mais fácil para profissionais que escrevem muito, todos os dias, mas mesmo esses testemunham que escrever é um trabalho exigente, cansativo e, muitas vezes frustrante.

Sempre queremos um texto ainda melhor do que o que chegamos a produzir e poucas vezes conseguimos manter a linguagem escrita, todas as sutilezas de percepção original acerca de um fato ou pensamento. O que admiramos na literatura é justamente essas especificidades, essa possibilidade de expandir pela palavra escrita emoções, pensamentos, sensações, significados, que nós, leigos, não conseguimos traduzir com propriedade.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Nós mesmos

Olá meus amigos, como estão todos?
Hoje, mais do que nunca, ando com uma vontade de escrever e ler. Já li mais de
20 posts em diversos blogs [um recorde pra mim].
Acordei com uma vontade de me manter inteirado do que acontece no país e saber o que vocês andam escrevendo de suas vidas [não sou um fofoqueiro..heheh]
É melhor eu parar por aqui e ir ao que interessa.



Embora a maioria atribua, provavelmente, seus problemas aos demais, à má sorte ou
às circunstâncias, a verdade é que criamos nosso próprio sucesso ou fracasso.
O caminho para a vida positiva, bem sucedida, começa com um exame de consciência
e, em última análise, depende do que pensamos de nós mesmos.

Há alguns dias, rasurei as seguintes palavras: "sem uma confiança humilde mas razoável em sua própria capacidade, você não pode ter sucesso. Mas, com sólida confiança, pode". A sensação de inferioridade ou inadequação interfere na
concretização de suas esperanças, ao passo que a autoconfiança leva à realização
pessoal e ao atingimento de objetivos. Bem, mais do que nunca, estou convencido
de que isso é verdade.

De que modo desenvolver a autoconfiança em nós mesmos? Não pense em coisas que
parecem ser contra você. Pensar em fatores negativos simplesmente lhes dá um poder que eles não têm. Em vez disso, afirme, reafirme e visualize seus ativos - o amor
de Deus, seu pai, a capacidade de sua mente e talentos, a boa vontade de seus
amigos e família, sua saúde física, seus pontos fortes, seu futuro, suas possibilidades.

Grave indelevelmente na mente uma imagem de você tendo sucesso. Faça uma estimativa precisa de sua capacidade e, em seguida, eleve-a a dez por cento. Afirme que Deus está com você. Coloque-se nas mãos dele e acredite que está, nesse momento, recebendo Dele poder para atender a todas as suas
necessidades.

Abraços...

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Marina agenda Belém

No blog Espaço Aberto:




Ainda petista, mas com o coração pulsando cada vez mais forte pelo PV, a senadora Marina Silva, que todo dia, o dia todo, reflete nos últimos dias sobre a conveniência de disputar a próxima eleição presidencial, estará em Belém nesta quinta-feira.
Participará da 7ª edição da Série “Jornalismo Ambiental – Os desafios da cobertura na Amazônia”.
Os detalhes estão na imagem acima, que você ampliará se clicar nela.

domingo, 16 de agosto de 2009

Protesto virtual: Nós apoiamos Lúcio Flávio Pinto


Deseja Contribuir? Siga as instrunções.



Como participar: Do seu computador, envie mensagens de protesto (abaixo) à seções
Fale Conosco e ORM Repórter, do Portal ORM.

COPIE O TEXTO ABAIXO E ENVIE O SEU PROTESTO ÀS ORM:

Aos Senhores
Romulo Maiorana Júnior, presidente executivo da ORM
Ronaldo Maiorana, diretor e editor corporativo do Jornal O Liberal


Prezados Senhores,

Apurar as diferentes versões de um fato, contadas por seus diversos personagens é princípio apregoado em qualquer escola de jornalismo, no Brasil e em todo mundo. Tarefa que, de tão elementar, por vezes é desprezada, até mesmo em redações tradicionais.

Como afirma o ombudsman do jornal New York Times, Byron Calame, “ouvir os dois lados de uma história e mostrá-los aos leitores é o trabalho básico de repórteres e editores. Esta é a receita para se criar um jornal imparcial – para os leitores e para as instituições e pessoas que são tema das matérias”.

Quando uma notícia relata somente uma versão de um fato tão grave, como o da sentença expedida pelo juiz Raimundo das Chagas Filho, da 4ª Vara Cível da capital, que condenou o jornalista Lúcio Flávio Pinto a pagar aos senhores uma indenização de R$ 30 mil devido à publicação, no ano de 2005, de supostas “expressões caluniosas” contra a “memória de vosso extinto pai”, além de proibi-lo de mencionar vossos nomes e do patriarca da família em seus artigos, vários princípios – do exercício do jornalismo e dos direitos garantidos pela Constituição Federal de 1988 e pela Declaração Universal dos Direitos Humanos – estão sendo violados.

A sentença, pelo alto valor estipulado e censura prévia ao jornalista, e a não-exposição dos argumentos do sentenciado nos jornais da família – o não-ouvir o "outro lado da questão" – é mais uma afronta à democracia, que prevê a necessidade da publicização de temas e do debate de interesse público, como a liberdade de imprensa e de expressão.

O mais assustador é que tal medida vem acompanhada de outros casos lamentáveis no país, como a proibição imposta pela Justiça ao jornal Estado de São Paulo, impedido de divulgar informações sobre a Operação Boi Barrica, da Polícia Federal, que traz diálogos entre o senador José Sarney (PMDB-AP) e seus familiares sobre o preenchimento de cargos no Senado a partir de atos secretos.

Fica claro às pessoas que conhecem a trajetória profissional de Lúcio Flávio Pinto – e o histórico das perseguições jurídicas que este sofre desde 1992 – que a condenação a qual esta carta faz referência trata-se de censura, desrespeito à liberdade e ao direito intelectual do jornalista e, sobretudo, vilipêndio ao estado democrático de direito.

Consideramos este e qualquer tipo de censura, assim como os esforços para inviabilizar o trabalho do jornalista por meio de inúmeros processos judiciais, uma afronta ao direito humano básico “à liberdade de opinião e de expressão, o que implica o direito de não ser inquietado pelas suas opiniões e o de procurar, receber e difundir, sem consideração de fronteiras, informações e ideias por qualquer meio de expressão”, previsto pela Declaração Universal dos Direitos Humanos em seu artigo 19º. Tal perseguição representa um verdadeiro atentado à Constituição Federal Brasileira, Artigo 220, Capítulo V, que garante aos cidadãos que a “manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição”.

Um questionamento pode ser levantado. O que é prioridade para os veículos de comunicação das ORM: levar a informação a seus leitores, de maneira isenta, cumprindo a natureza social do jornalismo ou servir de púlpito aos proprietários da empresa?Como cidadão e defensor de um jornalismo de qualidade, solicito que seja publicada uma nova matéria, na qual se conceda voz a
Lúcio Flávio Pinto.

Atenciosamente,

Nome

Protesto virtual: Nós apoiamos Lúcio Flávio Pinto

O jornalista Lúcio Flávio Pinto foi condenado a pagar mais de R$ 30 mil por escrever artigo sobre a história das Organizações Rômulo Maiorana. Isto é censura. Proteste!

LANÇAMENTO DE LIVRO E DEBATE



O jornalista Lúcio Flávio Pinto fará sessão de autógrafos de seu livro A História Censurada - O Pará dos Nossos Dias no dia 1º de setembro, às 16h, no auditório do Centro de Capacitação da UFPA (Capacit), no campus básico do Guamá, em Belém (PA).

No livro, o autor narra a história de sua condenação pela justiça do Pará por escrever artigo sobre a origem das Organizações Romulo Maiorana. Na ocasião haverá um debate sobre censura e liberdade de pensamento.

Participe e divulgue.

Informações do blog Solidariedade a Lúcio Flávio Pinto, visite: http://solidariedadelucioflaviopinto.blogspot.com/.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Cena da esbórnia - Belém

Uma cadeira plástica encostada no muro do Bosque Rodrigues Alves é o posto de fiscalização da Empresa de ônibus Dom Manoel. Misturada aos carrinhos de comida, banca de DVD e passageiros.

Em frente ao improvisado guichê de fiscalização, do outro lado da avenida Lomas Valentinas, o Posto e Loja Invencível apropria-se diariamente do espaço público, transformando-o em estacionamento privado.

Um motociclista, sem capacete e com uma sandália havaiana dois números menores que seu pé, cruza impune e impavidamente três importantes avenidas, a Senador Lemos, a Doca de Souza Franco e o Boulevard Castilhos França, até estacionar garbosamente na porta do Mercado de Peixe.

O que significam estas cenas? Nada. Apenas cenas de uma cidade institucionalmente, privadamente e publicamente consumida.

quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Ganhei um selo e retribuirei com outro



Olá galera!

Ganhei um selo da Kikinhah, do Páginas On Line, e fiquei muito contente.
Agora quero dedicá-lo [MAS É COM OUTRO SELO] a outros blogs parceiros que, de
manhã cedinho, eu sempre leio e me mantenho informado. Aproveito pra dizer que
ultimamente eu não estou postando, mas estou acompanhando cada um dos blogs que
eu sigo.
_____________________________________________________________________________________




E com esse selo daqui de cima, irei condecorar os seguintes blogueiros:


IUS ABUTENDI
Antropofáfica
Veneno da Narjara
Além do que se vê
Me and Myself
Escrevo logo existo
e finalmente
Nerdezas aleatórias

Abraços pra todos..

sábado, 1 de agosto de 2009

Filmagem em 360°

Fotografia capaz de captar 360° de um ambiente você já deve ter visto. E vídeo?
Dê um clique na tela e mexa pra qualquer lado.
Tenho certeza que vocês vão achar interessante.